20 julho, 2013

Sociedade dos Poetas Mortos

Então gente, mais uma viagem de volta ao passado com a coluna "Fundo do baú” que nos traz um filme de 1989 chamado Sociedade dos Poetas Mortas.



Em 1959 na Welton Academy, uma tradicional escola preparatória, um ex-aluno (Robin Williams) se torna o novo professor de literatura, mas logo seus métodos de incentivar os alunos a pensarem por si mesmos cria um choque com a ortodoxa direção do colégio, principalmente quando ele fala aos seus alunos sobre a "Sociedade dos Poetas Mortos".


Eu assisti esse filme porque meu pai recomendou ele pra minha prima, e em um dia fomos até a locadora e procuramos por ele.  Eu realmente me emocionei demais com o filme, por mais que eu não lembre de todos os detalhes, porém eu tenho que compartilhar com todos vocês que eu pareço uma garotinha que deixa seu sorvete cair quando assiste filmes. E com esse não foi diferente, foi até mesmo pior, porque eu fiquei com ele na cabeça por dias. E essa é a minha dica de filme, por mais que seja antigo, não perde o charme que qualquer filme precisa ter. Antes de acabar, uma das frases mais marcantes desse filme, é o famoso Carpe Diem que significa aproveitem o dia em latim.



“Existe um tempo para ousadia e um tempo para cautela, e o homem sábio sabe o momento de um deles.”
— 
Sociedade dos poetas mortos.

“Carpe diem. Aproveitem o dia, garotos. Façam suas vidas serem extraordinárias.”
— 
Sociedade dos poetas mortos.


 Carpe Diem para todos vocês. 




4 comentários:

  1. Dude, nos últimos dois meses essa é vez que alguém "me" recomendo assistir esse filme. Acho que isso é um sinal e vou caçar logo pra ver hahaha

    Beijos
    http://itsjuliasfault.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAH espero que curta o filme, depois que assistir deixa aqui nos comentários o que achou *-*
      Xoxo, Lor.

      Excluir
  2. Ótimo filme, vale a pena assistir! ;)

    ResponderExcluir