26 junho, 2013

Uma Droga Chamada Amor

Boa tarde gente! Como Lor já apresentou à vocês o "cantinho" e nos presenteou com um de seus textos maravilhosos que só ela consegue escrever, eu também queria deixar um pedacinho da minha escrita nesse primeiro post do meu cantinho. Esse é um texto/sinopse de uma história minha que estou começando a escrever e eu o considerei tão bom que precisava compartilhar com vocês. Espero que gostem!



"Pode parecer loucura, mas o amor é como uma droga. Alguém aparece e nos oferece, dizendo o quanto você irá se sentir melhor ao experimentá-lo, e mesmo sabendo o quão ruim aquilo pode se tornar, nós aceitamos. E então ficamos viciados. No momento em que dizemos “sim” para o sentimento, ele toma conta do nosso coração, como a nicotina faz com o pulmão. E, ainda como ela, passamos a sofrer as consequências, os efeitos colaterais. No começo, a adrenalina e emoção são injetados em nosso órgão pulsante a cada palavra dita, gestos, toques... e sem percebemos aquilo toma proporções grandiosas e as antigas sensações são bloqueadas e substituídas, passando a ser tóxico. E mesmo com o coração câncerizado por aquele amor que não lhe faz bem, você mataria e morreria por uma boa tragada dele."  

Créditos da imagem



Nenhum comentário:

Postar um comentário